compartilhar

SEM UMIDADE E CHUVAS: Brasília enfrenta um dos meses de outubro mais secos da história

Segundo o Inmet, até agora, choveu apenas 6% da média de outros anos. Índices tão baixos foram registrados apenas em 1961 e 1980

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou, nesta quarta-feira (25/10), que este deve ser um dos meses de outubro mais secos da história no Distrito Federal. 

 

Segundo o meteorologista Manoel Rangel, os 10,5 milímetros registrados até agora representam apenas 6% da média histórica do período (166,6 mm).

Índices tão baixos foram computados apenas em outubro de 1980, de 8,4mm, e em 1961, de 15,9mm.

“Mesmo com as chuvas esperadas em maior potencial a partir do próximo domingo (29), a expectativa é de que o volume fique bem abaixo da média”, afirmou Rangel.


De acordo com o Inmet, além de o Distrito Federal ter atravessado uma estação de “veranico”, que ocorre no período de calor intenso, estiagem e baixa umidade, uma massa de ar seco agravada pelo fenômeno do El Ninõ inibe a formação de nuvens e, consequentemente, a chuva.

Nesta quarta, o Inmet registrou temperatura mínima de 20ºC. “Os termômetros devem marcar máxima de 34ºC nas horas mais quentes do dia, com umidade variando entre 20% e 55%”, prevê Rangel.


A previsão para esta quarta é de tempo parcialmente nublado a nublado com ventos e possibilidade de pancadas de chuva em áreas isoladas no fim do dia.

Daniel Ferreira/Metrópoles

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS