compartilhar

TEMPO INSTÁVEL: Chuva desaparece e reservatórios de água voltam a cair em Brasília; 'normal', informa Inmet

Tempo firme predominou no domingo e na segunda; previsão para a semana é de céu encoberto. À tarde, Descoberto operava com 5,5% e Santa Maria, com 22,1% do volume total.

Passada a chuva tradicional do Dia de Finados, o Distrito Federal voltou a conviver com um céu limpo e estável nas últimas 48 horas.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não houve registro nem relato de chuvas mais intensas no domingo (5) e na segunda (6).


Como resultado, o nível dos reservatórios que abastecem os imóveis da Grande Brasília voltou a cair.

Na tarde desta segunda, o Descoberto operava com 5,5% do volume total, e o sistema Santa Maria, com 22,1% – ambos, abaixo das previsões da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa) (veja mais abaixo).

De acordo com a meteorologista do Inmet Maria das Dores de Azevedo, esse vaivém das nuvens é comum para o início da temporada de chuvas. Apesar de um começo instável, as previsões do instituto ainda apontam para um novembro chuvoso, e com registros "dentro da média".


"Ontem [domingo], até tinha condições de chuva forte, mas ela não se confirmou em lugar nenhum. Hoje [segunda], já amanheceu quase completamente sem nuvens. Apareceram algumas no fim do dia, ainda há alguma possibilidade", diz Maria das Dores.


Até a próxima sexta (10), os aparelhos do Inmet preveem céu encoberto com possibilidade de chuvas. Apesar disso, não há alertas no sistema para temporal, vento forte ou tempestade de raios – fenômenos que são comuns nesta época do ano, no DF.

 

"É normal o tempo firmar de vez em quando, abrir. Mesmo nessa época, o céu não fica o tempo todo encoberto. Não está muito bom de chuva, mas ainda é o início do mês."

 

Até as 16h desta segunda, as estações do Inmet tinham registrado 25,9 milímetros de chuva no Distrito Federal, em novembro.

O valor corresponde a 11% da média histórica para o mês, que é de 231 milímetros.

Por enquanto, os dados não são suficientes para indicar se a temporada de chuvas virá acima, abaixo ou dentro do esperado.

Mesmo sem chuvas, nesta segunda, o DF registrou umidade relativa do ar mínima de 44% – bem acima dos valores registrados em outubro –, e temperatura máxima de 28,8 ºC.

 

Reservatórios

 

Desde o dia 1º, mesmo com as chuvas, o reservatório do Descoberto caiu meio ponto percentual, passando de 6% para 5,5%. Ao longo do feriado, a bacia – que fornece água a dois terços dos habitantes da capital – oscilou em torno dos 6%.

Com a estiagem, a medição caiu para 5,7% no domingo, e 5,5% na segunda.


Já no reservatório de Santa Maria, segundo maior do Distrito Federal, o nível caiu apenas 0,2 ponto percentual no mês. Entre domingo e segunda, mesmo sem chuva registrada, a reserva de água passou de 21,8% para 22,1%. Segundo especialistas, isso acontece porque a água que cai em áreas próximas precisa de alguns dias para infiltrar no solo, chegar ao lençol freático e correr para o reservatório.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS