compartilhar

GREVE DOS ELETRICITÁRIOS: Sindicato divulga nota rebatendo declarações do presidente da CEB e do secretário do GDF

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Em relação às declarações do secretário da Casa Civil do DF, Sérgio Almeida, e do presidente da CEB, Lener Silva, em coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (10), chamando as trabalhadoras e trabalhadores da CEB de “oportunistas”, o Sindicato dos Urbanitários vem a público esclarecer:


 

1) Há mais de 20 anos, a Data-Base da categoria inicia em primeiro de novembro. Inclusive, a Justiça reconheceu, no início desta semana, o direito legítimo dos trabalhadores de continuarem promovendo as discussões salariais no período;


 

2) As declarações dissimuladas e ofensivas contra os trabalhadores visam, na verdade, colocar a população contra o direito legítimo da categoria, que encontra na paralisação das atividade o último recurso para reivindicar melhores condições de trabalho e consequentemente, prestar serviços de qualidade para a sociedade;


 

3) Após rejeitar a proposta da CEB e decidir nesta sexta-feira (10) manter a paralisação, os trabalhadores também se solidarizaram com a população, que vem sofrendo com a queda de energia. Dessa forma, decidiram aumentar o efetivo de equipes nas ruas para reduzir o número de ocorrências e consequentemente, amenizar os prejuízos à sociedade. No entanto, estranhamente e para a nossa surpresa, a empresa não aceitou e preferiu levar o caso à Justiça. Nesse sentido fica clara a tentativa da direção da CEB de tentar colocar a população contra o direito legítimo da categoria;


 

4) Sobre o corte de ponto anunciado pelo governo e pela CEB, o entendimento da entidade sindical é de que se trata de um direito da empresa. No entanto, vê a medida como uma forma de intimidação e represália. Mesmo assim os trabalhadores continuarão unidos e mobilizados na luta por melhores condições de trabalho; e


 

5) Sobre as mais de 2 mil ocorrências que a CEB afirma estarem pendentes, o Sindicato esclarece que muitas interrupções de energia afetam vários clientes, que abrem inúmeros chamados sobre o mesmo problema. Além disso, a direção da empresa orientou os trabalhadores a não baixarem do sistema as ocorrências já solucionadas.

 

Sindicato dos Urbanitários no DF

 

COMENTÁRIOS