compartilhar

"PELA HORA DA MORTE": Performance na Esplanada chama atenção para tragédias e mortes no trânsito brasiliense

Somente neste ano, 218 pessoas perderam a vida nas vias do Distrito Federal. Em 2016, foram 332

A Esplanada dos Ministérios foi palco de uma ação promovida pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran), nesta sexta-feira (17/11), para chamar a atenção dos brasilienses para as mortes nas vias locais.

Somente neste ano, 218 pessoas perderam a vida em acidentes na capital do país. Em 2016, esse número fechou em 332.

Mesmo com tendência de queda nas estatísticas deste ano, o Detran alerta a população para as perdas irrecuperáveis. “Não se tratam de números, mas vidas”, ressalta o órgão. Uma performance foi realizada na Esplanada para lembrar as 332 pessoas mortas no trânsito em 2016.

O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito — 19 de novembro — foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2005, em respeito às vítimas, aos seus familiares e amigos. A finalidade é estimular a sociedade a refletir sobre a violência no trânsito e cobrar soluções para se evitar novos acidentes.

 

Também representa o reconhecimento público do Estado e da sociedade civil quanto à importância da segurança no trânsito e das perdas e dores vividas por aqueles que – de alguma forma – foram impactados pelos acidentes.

 

Fonte: *Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS