compartilhar

MERCADO ILEGAL: Polícia Civil desarticula grupo que roubava lojas de celulares em shoppings na Grande Brasília

São cumpridos três mandados de prisão e oito de busca e apreensão no Recanto das Emas, Samambaia e Santo Antônio do Descoberto. Menores que atiraram em shopping estão entre suspeitos.

A Polícia Civil desarticulou na manhã desta terça-feira (21) uma organização criminosa especializada em roubar lojas de celulares em shoppings da capital federal e cidades-satélites.

Ao todo, estão sendo cumpridos três mandados de prisão e oito de busca e apreensão no Recanto das Emas, em Samambaia e em Santo Antônio do Descoberto, que fica no Entorno.


Segundo as investigações da 17ª DP (Taguatinga), o grupo atua há, pelo menos, oito meses e é formado por 13 homens maiores de idade e 9 menores, que assumiam a execução dos crimes.

"Era um grupo com liderança. Cada um tinha uma função específica, um papel", informou o delegado responsável pela operação, Joás Rosa de Souza.

 

"Geralmente, os maiores faziam o levantamento das informações sobre o local, observavam e escolhiam a loja. Aí colocavam os menores pra fazer o assalto e davam apoio de carro."

De acordo com a polícia, ao menos dez lojas em todo o DF foram alvo de assaltos e furtos praticados pelos criminosos no Pátio Brasil (Asa Sul), no JK Shopping (Taguatinga), no Gama Shopping e em Planaltina. Os produtos eram revendidos no mercado ilegal.

Suspeito de assalto em shopping de Brasília é contido por seguranças (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Entre os suspeitos de integrar o grupo criminoso estão os menores de idade que roubaram pelo menos 50 celulares de uma loja em um shopping na Asa Norte no final de outubro. Um dos jovens chegou a dar um tiro para o alto para intimidar as vítimas, mas ninguém ficou ferido. A dupla estava com um revólver calibre 38.

Segundo o delegado Joás Rosa de Souza, se forem condenados, os suspeitos devem responder por "roubo à mão armada" e por "formação de organização criminosa".

 

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS