compartilhar

"DEU RUIM": Ex-governador Arruda e Durval Barbosa são condenados por improbidade administrativa

CAIXA DE PANDORA

Em função de denúncia de mau uso de recursos públicos, a 2ª Vara de Fazenda Pública do DF condenou nesta terça-feira (21) o ex-governador José Roberto Arruda, seu chefe da Casa Civil José Geraldo Maciel, o ex-presidente da Agência de Informática do GDF Luiz Paulo Costa Sampaio, e o empresário, Gilberto Lucena, dono da Linknet.

 

Também foi condenado o ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa, delator do esquema investigado na Caixa de Pandora.

Resultado de imagem para ARRUDA E DURVAL BARBOSA

A decisão do juiz Daniel Carnacchioni condena todos a pagar, solidariamente, R$ 11,8 milhões.

 

A pena inclui suspensão dos direitos políticos por oito anos e proibição de contratar com o poder público e multa civil de R$ 4 milhões, correspondente a um terço do prejuízo causado aos cofres públicos.

Resultado de imagem para PAULO OCTAVIOO ex-vice-governador Paulo Octávio, o ex-secretário de Planejamento Ricardo Penna e o ex-corregedor Roberto Giffoni foram absolvidos na mesma sentença.


A ação apontou que os contratos fechados entre a Linknet e o GDF, para fornecimento de equipamentos e programas de computador, haviam perdido a vigência em janeiro de 2007.

 

No entanto, os serviços continuaram sendo prestados até meados de 2009. Segundo o Ministério Público, ainda ocorreu superfaturamento para que fosse realizado pagamento de propinas repassadas a políticos por Durval Barbosa.

 

Fonte: *JBr/Clipping

COMENTÁRIOS