compartilhar

INVESTIGAÇÃO: Policial civil é preso por suspeita de cobrar dinheiro para deixar alvos soltos

Durante operação, houve buscas também em delegacia onde agente trabalha, na sede da instituição. Segundo investigações, ele agia com um policial militar.

Um policial civil foi preso nesta quarta-feira (29) em Brazlândia, por suspeita de extorquir dinheiro de pessoas com mandados de prisão em aberto.

De acordo com as investigações, o agente, em parceria com um policial militar aposentado, constrangiam pessoas a entregar dinheiro em troca de não prendê-las.


A prisão do policial civil – que estava há um ano na instituição – ocorreu na casa dele. Ela foi decretada por unanimidade pela 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do DF.

De caráter temporário, ela tem prazo de cinco dias.

O militar suspeito de participar do esquema já estava preso por tempo indeterminado, também pelo crime de extorsão.


Além da casa do agente, foram feitas buscas na Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículo (DRFV), na mesa em que ele trabalha.

O local fica no complexo sede da instituição, ao lado do Parque da Cidade.


A Polícia Civil informou que será aberto procedimento disciplinar contra o agente, investigado há cinco meses. Com isso, pode ser expulso da instituição.

A ação é feita pela Corregedoria da Polícia Civil, em conjunto com o Núcleo de Investigação e Controle Externo da Atividade Policial (Ncap) – do Ministério Público do DF. As investigações seguem em sigilo.


Sobre o militar preso, a PM afirma que "tomou providências há dois meses e meio" e que ele já responde a cinco procedimentos disciplinares na Corregedoria. O policial está preso desde 15 de setembro.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS