compartilhar

VALORES INDEVIDOS: Ex-senador Luiz Estevão, preso na Papuda, exerce o direito de ficar calado na Justiça

EMPRESÁRIO É ACUSADO DE RECEBER VALORES INDEVIDOS DA INFRAERO EM 2002

O ex-senador Luiz Estevão saiu calado de depoimento prestado à Justiça Federal do Distrito Federal, nesta quinta (14).

Condenado a 26 anos de prisão, o empresário é acusado de receber valores indevidos da Infraero por contratos não realizados no Aeroporto Internacional de Fortaleza (CE), em 2002.

 

Na denúncia do Ministério Público, o ex-senador é acusado de utilizar documentos falsos em nome do Grupo OK para receber valores relacionados à obras de urbanização e construção de novas instalações no aeroporto cearense. 

Resultado de imagem para luiz estevão

A ação, que teria sido cometida há 15 anos, seria considerada estelionato qualificado e uso de documento público falso. A pena prevista é de quatro a seis anos de prisão.

Depois de optar ficar em silêncio, Estevão deixou a audiência na 2ª Vara Federal e retornou para o Complexo Penitenciário da Papuda. Depuseram ainda duas testemunhas de acusação do caso: uma funcionária da Gerência de Recursos e Contratos da Infraero e um funcionário do Grupo OK.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS