Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

MANGUACEIRO INCONSEQUENTE: Motorista bêbado usa carro para invadir Hospital do Gama. Veja vídeo

Departamento de Trânsito autuou 67 motoristas em todo Distrito Federal por dirigirem sob efeito de álcool entre 31/12 e 1º/1

Um homem aparentemente bêbado foi preso após invadir o Hospital Regional do Gama (HRG) com um carro na madrugada desta segunda-feira (1º/1).

Segundo informações da Polícia Militar, o motorista teria ficado com raiva quando chegou à unidade de saúde e obteve a informação de que não havia uma cadeira de rodas disponível para atender a pessoa que estava com ele no veículo.

De acordo com a PM, um vigilante do HRG disse ao homem que a unidade estava sem o equipamento.

Enfurecido, ele deu marcha a ré e entrou no pronto-socorro.

O impacto deixou a porta da unidade danificada.

Por sorte, ninguém foi atropelado.

PMDF/DIVULGAÇÃO

A Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) informou, por meio de nota, que não há falta de cadeiras de roda no hospital.

Garantiu, ainda, que a paciente levada pelo condutor à unidade recebeu atendimento.

Como o condutor se negou a tirar o carro do local, além de ter ofendido policiais que tentaram abordá-lo, ele foi detido por desacato a autoridade e acabou conduzido à 14ª Delegacia de Polícia (Gama).

Veja vídeo:

 Detran autua motoristas bêbados

O Departamento de Trânsito (Detran) autuou 67 pessoas por dirigirem sob efeito de bebida alcoólica na Operação Lei Seca, realizada entre a noite de domingo (31/12) e a madrugada desta segunda-feira (1º).

Além disso, 81 veículos foram recolhidos ao depósito por outras irregularidades, como atraso no licenciamento obrigatório.

O Detran mobilizou 200 agentes de trânsito, 100 viaturas e oito guinchos em diversas blitze realizadas na Grande Brasília na passagem de 2017 para 2018.

De acordo com o diretor-geral do órgão, Silvain Fonseca, de janeiro a novembro de 2017 houve uma redução de 126 mortes no trânsito em relação ao mesmo período de 2016.

“O Distrito Federal fez um compromisso com a ONU [Organização das Nações Unidas] de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito e, até novembro, já conseguimos alcançar 49,4% dessa meta. É uma redução jamais alcançada”, ressalta.

 

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS