compartilhar

BENEFÍCIO TRAVADO: Excesso de contribuintes para indicar 'Nota Legal" congestiona sistema

Secretaria de Fazenda dá dicas a quem está enfrentando dificuldades para fazer a indicação dos créditos. Prazo vai até o dia 31

Brasilienses que tentaram acessar o site do Nota Legal nesta quinta-feira (4/1), quando começou o período para indicar o uso dos créditos para abater no IPTU ou IPVA, enfrentaram problemas e não conseguiram concluir a operação.

 

 A Secretaria de Fazenda reconheceu que houve congestionamento nas primeiras horas da manhã, “comum de acontecer no primeiro dia”.

A falha, segundo a Pasta, ocorreu mesmo com “todo o incremento realizado na capacidade dos servidores que suportam o programa”. No ano passado, no primeiro dia, 40 mil contribuintes fizeram a indicação, número que deve se repetir agora. O prazo para a opção vai até o dia 31.


Em 2017, valeram-se dos descontos 375 mil contribuintes, o que resultou em R$ 66 milhões em indicações. Desse total, R$ 51 milhões foram direcionados ao abatimento de IPVA, e R$ 15 milhões, ao de IPTU. Em números absolutos, esse total representa deduções em 256 mil veículos e em 71 mil imóveis. A expectativa para 2018 é de que o montante de descontos fique entre R$ 65 milhões e R$ 68 milhões.

 

Além do excesso de contribuintes, a Secretaria de Fazenda identificou outros problemas que podem estar atrapalhando a indicação.

Confira abaixo:


Cadastro: Os usuários deixam para atualizar as informações cadastrais somente no período de indicação (dados pessoais, nome da mãe, pedidos de reenvio de senha, etc.), o que aumenta o tempo de permanência no portal e acaba sobrecarregando o sistemas. 

Sugestão: fazer ao longo do ano sempre que tiver algo para alterar;

Hugo Barreto/Metrópoles

Certificação Digital: Muitos usuários não possuem certificação digital e como ela é necessária para aumentar a própria segurança do consumidor, o sistema envia alguns avisos de segurança e erro antes de levá-los até o portal.

 Sugestão: providenciar a certificação;


Navegadores: Incompatibilidade do navegador utilizado pelo usuário para acesso ao Nota Legal (http://iti.gov.br/navegadores).

 Sugestão: buscar atualizar o navegador ou acessar a partir de uma máquina com browser compatíveis;


Bloqueio de rede: Algumas redes, em especial as corporativas, não permitem o acesso a alguns sites por causa do Firewall ativado ou similares, além de eventual bloqueio da pop-up no momento de acesso;

Logoff: A maioria dos usuários acessam a área restrita do Nota Legal para realizar a indicação e não fazem o logoff no sistema. Isso acaba congestionando os acessos ao portal;


Horários alternativos: O prazo para abater os créditos no IPTU ou IPVA 2018 vai até 31 de janeiro. De todas as formas, sugerimos que os consumidores realizem a indicação ao longo do mês e, preferencialmente, em horários de menor fluxo (antes das 8h e após as 20h, e nos fins de semana);


Indicação Direta: É primordial que os usuários utilizem o serviço de indicação direta, disponível nos portais da Secretaria (https://www2.agencianet.fazenda.df.gov.br/NotaLegalInd/ ou  http://www.fazenda.df.gov.br/area.cfm?id_area=852 ), evitando ter de logar na área restrita do portal e assim ganhando mais agilidade no processo.

Quem não conseguir, de fato, após esse período inicial de indicação, que é mais movimentado, deverá abrir uma solicitação pelo Atendimento Virtual. (http://www.fazenda.df.gov.br/?id_area=885).

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS