Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

EXTORSÃO E FRAUDES: PM "aposenta" com salário de R$ 17 mil coronel suspeito de praticar ilegalidades em licitações

Francisco Feitosa era chefe da área de finanças da PM. Aposentadoria foi 'a pedido'; pelas regras, ele segue com valor integral dos vencimentos.

Polícia Militar do Distrito Federal transferiu para a reserva remunerada o coronel Francisco Eronildo Feitosa, suspeito de fraudar licitações e extorquir dinheiro de empresários em troca de pagamentos.

A aposentadoria dele foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (26).

Mesmo estando preso, a publicação diz que a mudança no status de Feitosa ocorreu “a pedido”.

Resultado de imagem para coronel feitosa df

Também justifica a medida ao fato de ele ter mais de 30 anos de serviço.

 

Pelas regras, ele vai seguir recebendo o salário integral de R$ 17,6 mil.


Então responsável pelo Departamento de Logística e Finanças da PM, Feitosa foi detido em 14 de novembro de 2017 durante a operação Mamon.

 

Desde então, está preso por tempo indeterminado, sob investigação da Justiça e da Corregedoria da corporação – que ainda não definaram nenhum tipo de punição definitiva.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS