Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

CLIMA TENSO: Após agressão a PMs, corporação reage e faz megaoperação na Vila Estrutural

Ação foi uma resposta aos ataques a uma guarnição um dia antes. Na ocasião, três militares ficaram feridos

Um dia após o ataque a policiais militares durante festa nas ruas da Estrutural, a corporação voltou ao local no sábado (27/1).

A resposta às pedradas que atingiram e feriram militares foi rápida e resultou em quatro armas e dois veículos apreendidos, além de quatro detidos.

Durante o patrulhamento, policiais receberam denúncia de disparos de arma de fogo na localidade.

Ao chegar no local, tratava-se de uma chácara aberta. Ao adentrarem no terreno, eles encontraram uma mulher tentando esconder a arma. Ela e o marido foram detidos por porte ilegal. A mulher também  vai responder por desacato e favorecimento pessoal.

Confronto na Estrutural 
Na madrugada de sexta-feira (26/1) para sábado (27), militares do 15º Batalhão sofreram um ataque na Estrutural.

Os policiais foram acionados para acabar com uma festa na rua que incomodava moradores, mas acabaram recebidos com pedradas e pedaços de pau. A batalha campal teve início à 1h50 e apenas se encerrou por volta das 6h, com três profissionais feridos.

 

Os agentes, em menor número, foram atacados tão logo chegaram ao local para pedir que o volume da música fosse reduzido.

O confronto, inclusive, terminou mal para os militares. Um deles fraturou uma das pernas, outro teve a cabeça cortada ao ser atingido por uma pedra, e um terceiro, quem também se machucou, dispensou atendimento médico.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS