compartilhar

VOVÔS E VOVÓS: Guará terá, nesta 4a. feira, o 3o. Baile de Carnaval dos Idosos

Nesta quarta-feira (7), a partir das 14h, cerca de 1.500 pessoas vão se divertir no 3º Baile de Carnaval dos Idosos.

A folia é aberta para a comunidade e acontecerá no Salão de Múltiplas Funções do Guará II. 

O Baile é uma iniciativa do governo distrital com a intenção de manter viva a cultura carnavalesca local, levar entretenimento para a comunidade de pessoas idosas e fomentar o acesso à cultura, participação social, cidadania e ao voluntariado.


A festa terá decoração temática, concurso de fantasias, dança e apresentação da banda Pé de Cerrado.

A maior parte dos idosos que participa do evento é atendida nos Centros de Convivência de Idosos (CCIs), nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), nas Unidades de Acolhimento de Idosos (UNAI) e nos Centros Olímpicos e Paraolímpicos de todo o Distrito Federal.Resultado de imagem para idosos no carnaval

Segundo o Subsecretário de Direitos Humanos, Rodrigo Dias, a realização do baile é uma forma de promover a cultura e o lazer para as pessoas mais velhas. “ Esse é um eixo fundamental para o processo do envelhecimento ativo e reconhecimento dos direitos das pessoas idosas. A sociabilização que o evento promove ajuda no reforço aos princípios de independência, participação, dignidade, assistência e autorrealização, que são estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde.


O Baile dos Idosos faz parte do Programa Brasília Cidadã e é uma realização do Governo do Distrito Federal em parceria com a Governadoria; Casa Militar; secretarias de Cultura, Cidades, Esporte Turismo e Lazer e Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos (Coordenação de Pessoas Idosas). O evento também conta com o apoio da Federação das Indústrias do Distrito Federal – FIBRA-DF, da Caesb e de voluntários.


Brasília Cidadã

 

O Brasília Cidadã é um programa de governo que fomenta e integra políticas públicas, ações voluntárias e mecanismos de participação e controle social, tendo o cidadão como protagonista no desenvolvimento da cidade.

A finalidade é conectar governo, organizações da sociedade civil e cidadãos para fortalecer a cultura de solidariedade, cidadania, paz social e de pertencimento à identidade, à memória e ao patrimônio público. A iniciativa foi idealizada pela primeira dama e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg. 

 

COMENTÁRIOS