compartilhar

CONSEQUÊNCIAS: Suposto fugitivo da Papuda sequestra caseiro no "Dom Bosco" e dá R$ 20 para ônibus

Crime foi na noite de domingo; Polícia Civil apura envolvimento de foragido. Dez fugiram da Papuda, e seis foram encontrados; parte estava no Lago Sul.

 

A Polícia Civil apura o envolvimento de fugitivos da Penitenciária da Papuda, em Brasília, no sequestro de um caseiro na noite deste domingo (21).

 

Ele foi rendido por dois homens quando chegava ao trabalho no Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul, e levado no próprio carro até o Pistão Norte, em Taguatinga.

 

Até as 11h30 desta segunda (22), a autoria do crime não tinha sido identificada.

 

Segundo a polícia, a dupla de sequestradores entregou R$ 20 à vítima "para pagar a passagem de volta" e fugiu com o carro em seguida. O caseiro foi orientado a sair do veículo e caminhar em linha reta, sem olhar para trás. Ele diz que um dos homens carregava um revólver, e o outro, um facão.


Já na delegacia, o caseiro ligou para um amigo e descobriu que a casa tinha sido arrombada e revirada pela dupla.

 

O imóvel ao lado, que fica no mesmo lote, também tinha marcas de arrombamento. Até a manhã de segunda, a Polícia Civil ainda aguardava retorno dos moradores para saber se objetos tinham sido furtados.


O caseiro também afirmou aos policiais civis que foi jogado ao chão e teve a cabeça pisada por um dos homens, antes de entrar no carro. Ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para exames, mas o resultado não foi divul-gado.Quatro fugitivos da Penitenciária da Papuda seguiam foragidos até a manhã de segunda (22); no alto, à esquerda, em sentido horário: Seymy Gouveia Lima, Marcos Antônio Moreira dos Santos, Michael da Mata Silva e Francisco dos Santos Alves (Foto: GDF/Reprodução)

 

Quatro fugitivos da Peniten-ciária da Papuda seguiam foragidos até a manhã de segunda (22); no alto, à esquerda, em sentido horário: Seymy Gouveia Lima, Marcos Antônio Moreira dos Santos, Michael da Mata Silva e Francisco dos Santos Alves

Na manhã de domingo, 10 detentos que cumpriam pena no pavilhão 'F' da Papuda fugiram do complexo penitenciário. No fim do dia, a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal informou que seis deles foram recapturados. Os outros quatro continuavam foragidos até as 11h30 desta segunda. Somadas, as penas superam 242 anos de prisão.


Fuga
A fuga aconteceu entre 4h30 e 5h30, na madrugada de domingo, mas as equipes da Papuda só notaram a ausência mais de duas horas depois quando fizeram a chamada nominal dos presos, conhecida como "confere". A PM foi acionada às 7h, segundo a secretaria de Justiça.



Nas fichas policiais do grupo de foragidos constam crimes como homicídios, tráfico de drogas, associação criminosa, receptação e roubo. Dos 10 fugidos, 2 cumpriam pena em regime semiaberto e trabalhavam durante o dia, além de serem beneficiados com os saidões. Se foram recapturados, eles devem perder o direito aos benefícios.Informações que possam ajudar na recaptura podem ser repassadas pelos seguintes 
contatos:


Diretoria Penitenciária de Operações Especiais: 3349-1345
Polícia Civil: 197 ou 8626-1197 (WhatsApp)
Polícia Militar: 190


Confira a lista de foragidos:

- Seymy Gouveia Lima: o histórico tem cinco passagens por roubo. Vulgo "Cabeção", foi condenado a 31 anos em regime fechado.

- Marcos Antônio Moreira dos Santos: a ficha criminal é extensa e inclui pelo menos 10 ocorrências de roubo e receptação, sendo oito relacionadas ao roubo de veículos. Vulgo "Marquinhos", cumpre pena total de 93 anos em regime fechado.

- Michael da Mata Silva: foi condenado por homicídio e roubo, com pena somada de 63 anos e 2 meses em regime fechado.

- Francisco dos Santos Alves: a ficha criminal também é comprida, com sete passagens por roubo, uma por receptação e duas por porte ilegal de arma de uso restrito. Vulgo "Chico", ele foi condenado a 55 anos e 6 meses em regime rechado.

 


Veja a lista de recapturados:

- Gedeone Montalvão Bento: quatro passagens por homicídio, uma por roubo e outra por associação para o crime. Vulgo "Nego Geo", ou "Roupinol com Fel", foi condenado a 35 anos e cumpre pena em regime fechado.

- Laiuço de Brito Santos: foi condenado por três homicídios e dois roubos. Vulgo "Bolacha", cumpre pena de 75 anos e 11 meses em regime fechado.

- Jefferson Alves Faria Carvalho: condenado por dois homicídios, cumpria pena de 8 anos e 6 meses no regime semiaberto. Vulgo "Maluquinho".

- Valdeir Alves de Brito: condenado por roubo, receptação, tráfico de drogas e homicídio. Vulgo "Duduca", foi condenado a 70 anos e 10 meses e cumpre pena em regime fechado.

- Cleiton da Silva Liberato: a ficha criminal inclui duas passagens por tráfico de drogas e duas por homicídio. Vulgo "Jabá", cumpria pena de 9 anos e 4 meses no regime semiaberto.

- Francisco Elton de Lima Sousa: vulgo "Baianinho", tem duas acusações por homicídio. A ficha não tem informações sobre a pena total.

  •  

Entrada da Penitenciária da Papuda, em São Sebastião, perto de Brasília (Foto: Luciana Amaral/G1)

Entrada da Penitenciária da Papuda, em São Sebastião, perto de Brasília

Outras fugas
No dia 2, outros cinco internos fugiram do Centro de Detenção Provisória (CDP), destinado a homens em prisão temporária ou que aguardam transferência. Até o dia 4, quatro deles já tinham sido recapturados.


Em outubro, 50 presos da mesma unidade foram isolados por suspeita de participarem da escavação de um túnel de quatro metros de extensão. A rota de fuga começava no pátio do CDP.


Até a fuga do início de fevereiro, o último caso de detentos escapando da Papuda havia sido registrado em 2012, quando três presos conseguiram serrar as grades da cela

 

Fonte: *G1 - Clipping

COMENTÁRIOS