Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

INVASÃO: Mais casas são retiradas de área de risco no Sol Nascente, na Ceilândia

Quarenta e duas famílias terão de sair, nesta semana, do local. Outras seis foram removidas no último dia 4

Nesta terça-feira (23), a remoção de casas em área de risco na Chácara 6 do Trecho 3 do Setor Habitacional Sol Nascente, em Ceilândia, foi retomada pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis).

 

 

A intenção é retirar, até sexta-feira (26), 42 famílias cadastradas na Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab) e que já apresentaram a documentação exigida para recebimento de lote no Trecho 2.


Das 105 casas na Chácara 6, seis já foram removidas em 4 de fevereiro.Mais casas são retiradas de área de risco no Sol Nascente

Os proprietários de todas as unidades foram notificados pela Agefis por estarem em local de risco, próximo a uma erosão, de acordo com levantamento da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.


A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos cadastrou os moradores para o recebimento do auxílio-aluguel ou do auxílio-vulnerabilidade, dependendo do caso.

 

 

Alguns já iniciaram a construção das novas residências.

 

Antes da transferência definitiva para os lotes no Trecho 2, as famílias poderão usar esses auxílios ou se hospedar em casas de parentes.


O transporte dos pertences das famílias foi feito por caminhões da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e da Administração Regional de Ceilândia. Não houve resistência da população às retiradas.

 

Muitos moradores colaboraram com a ação ao deixar objetos do lado de fora das residências.

 

COMENTÁRIOS