Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

"ECONOMIA QUESTIONÁVEL": Horário de verão no Distrito Federal trouxe economia de "uma São Sebastião" por dia

Houve redução de 1,7% no consumo, equivalente ao da cidade-satélite com 100 mil habitantes. Ponteiros voltam ao normal de sábado para domingo.

O horário de verão no Distrito Federal entre 2017 e 2018 trouxe economia de "uma São Sebastião" por dia – cidade-satélite de Brasília com 100 mil habitantes.

De acordo com a CEB houve redução de 1,7% no consumo, o equivalente a 18 MW/dia, entre as 18h e 21h.


Foram 126 dias com o relógio começando “mais cedo”. O horário de verão está em vigor desde outubro do ano passado.


Além do Distrito Federal, valeu para dez estados das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

O horário de verão se encerra de sábado (17) para domingo.

Na prática, será ganhada uma hora.

Ou seja, quando o ponteiro der meia-noite, é preciso recuar e voltar para as 23h.


 

Eixão do Lazer

 

Com o fim do horário de verão, o Eixão do Lazer voltará a funcionar no horário normal, ou seja, das 6h às 18h, a partir deste domingo (18).

O programa fecha a via para carros e abre para pedestres e ciclistas durante os domingos e feriados.

Fim do horário de verão (Foto: Infografia: Alexandre Mauro/G1)

 

COMENTÁRIOS