compartilhar

CARTÃO DE CRÉDITO: Cresce o número de família endividadas na Grande Brasília em fevereiro

Cartão de crédito continua sendo o vilão e maior instrumento causador de dívidas.

 

Cresceu o número de famílias endividadas no Distrito Federal, tendo um aumento de 13,25mil, em janeiro eram 734.335 passando para 747.588 em fevereiro.

 

 

Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF).


 

O cartão de crédito continua sendo o principal fator da inadimplência. “Devido ao alto índice de desemprego e inflação, os brasilienses estão usando cada vez mais o cartão de crédito para não deixar faltar itens essenciais em casa, o que acaba gerando dívidas. As taxas de juros das operações de crédito subiram pelo 16º mês seguido e atingiram o maior nível desde fevereiro de 2005, o que acaba formando uma bola de neve, fazendo com que o consumidor não consiga quitar as dívidas”, destaca o presidente da Fecomércio Adelmir Santana.


Do total das famílias que participaram da pesquisa, 88,3% se declararam comprometidas com o cartão de crédito.

 

Dentre as famílias com contas em atraso, 48,8% disseram ter condições de quitar suas dívidas totalmente e 47% afirmaram ter condições de quitar o montante parcialmente.

 

Do universo de endividados, apenas 2,2% dos brasilienses disseram não ter condições de quitar as contas e 2% não sabem dizer se conseguirão ou não quitar o montante. 


A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) foi realizada com uma amostra de 600 famílias.

 

COMENTÁRIOS