Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

APOIO NA CÂMARA DISTRITAL: Rollemberg almoça com pedetistas e discute formação de base

Rollemberg espera o apoio do PDT para formar uma base de apoio sólida na Câmara Legislativa, que seja capaz de garantir a defesa de seu governo naquela Casa Legislativa. O encontro aconteceu na Residência Oficial de Águas Claras



O PDT e o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) firmaram pacto para governar Brasília juntos, nesta quarta-feira (24), com a criação de um novo núcleo de discussão de projetos e a formação uma base sólida de aliados, que também contará com outros partidos dentro da Câmara Legislativa, que farão a defesa da atual gestão. 


A decisão foi tomada num almoço do governador com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e membros da excutiva local do partido, na Roac (Residência Oficial de Águas Claras).


Aproximação

Com o encontro, o PDT espera manter aberto o canal de comunicação com o governador Rollemberg depois da saída dos senadores Antônio Reguffe e Cristovam Buarque e da presidente da Câmara Legislativa, Celina Leão, que se filiaram ao PPS durante a janela partidária.

E, ao mesmo tempo, ampliar a participação da legenda no executivo local, além das ações nacionais.


“Discutimos uma maior aproximação aqui em Brasília. Ele [Rollemberg] combinou conosco que vai criar um núcleo de discursão política sobre projetos governamentais e, também, sobre a política nacional, pois ele é um dos dois governadores que o PSB tem no Brasil. Nós temos uma relação muito boa desde que ele foi eleito senador e pretendemos continuar assim”, declarou o presidente do PDT, Carlos Lupi, na saída do encontro. Um novo encontro entre Rollemberg e bancada local do partido já está marcado para a próxima semana, sem a presença de Lupi.

Presidente do PDT, Carlos Lupi (a direita), chegando para encontro em Águas Claras | Foto: Sheyla Leal/ObritoNews/Fato Online width=

 

Presidente do PDT, Carlos Lupi (a direita), chegando para encontro em Águas Claras

Núcleo

O governador Rollemberg pediu ainda a formação de um núcleo duro dentro da Câmara Legislativa para defender sua gestão, mesmo que ele não signifique maioria na Casa. O chefe do Executivo local quer um grupo mais fiel do que a base que o apoiou durante o ano passado, mas, que em boa parte do tempo, também atacava o executivo.


“O que mudou agora é que o governador quer construir um núcleo político de apoio real ao governo, que independente de ter maioria ou não, esteja ali para proteger e levar adiante os projetos do governo. Para tanto, ele está contando com o PDT, a Rede, PSB e, provavelmente, com o deputado Israel Batista (PV) para depois tentar ampliar esse núcleo”, contou o distrital Reginaldo Veras, que garante que a postura da legenda não mudará.

“A nossa linha de trabalho continua a mesma, até porque o Joe está lá na secretaria. Em geral, ela seguirá dando apoio ao governo, porque a gente entende que ele quer o bem da cidade, mas, pontualmente quando a gente vê que há algo que não concorda, tem a liberdade de votar contra. Não muda muito, mas seremos mais firmes na defesa do governo”, conclui Veras.

2018

Apesar de toda a reaproximação, o presidente Carlos Lupi garantiu que a legenda não abrirá mão de uma candidatura majoritária na eleição de 2018, quando o PDT quer lançar Ciro Gomes candidato à presidência da República, com ou sem o apoio de Rollemberg.


 

Sobre as eleições no Distrito Federal, o presidente nacional do PDT também tem uma posição clara.  “Nós estaremos em 2018 em uma chapa majoritária. Pode ser para governador, vice-governador ou senador, mas nós estaremos na chapa majoritária. Nós não vamos abrir mão disso, até porque sempre estivemos na chapa majoritária nas últimas cinco eleições. Essa aproximação que existe com o Rollemberg pode se aprofundar e significar o apoio dele. Mas, se isso não for bem-sucedido, teremos um palanque próprio para governador”, avisou Lupi.


O distrital Reginaldo Veras, o presidente regional do PDT, Georges Michel e secretário Joe Valle, acompanharam o presidente nacional do PDT

 

Fonte: *Fatoonline - clipping

COMENTÁRIOS