compartilhar

PERDENDO A PACIÊNCIA: Sem atendimento, pacientes agridem vigilantes no HRT. Veja vídeo

Confusão no pronto-socorro foi registrada no final de semana. Hospital reconheceu que em função, houve restrição nos serviços prestados

Três homens foram presos após agredirem e xingarem os vigilantes que estavam trabalhando no pronto-socorro do Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

Um dos agressores teria chamado um dos funcionários de “nego safado”.

Nas imagens, é possível ver parte da confusão.

 

No pronto-socorro lotado, um grupo de pessoas tenta invadir a área restrita do hospital, empurram os vigilantes e chutam o balcão. A Polícia Militar foi acionada.

Agressores e as vítimas foram conduzidos à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga).

Confira:

 

De acordo com a Polícia Civil, os três agressores foram autuados em flagrante por injúria, ameaça e vias de fato.

 

O homem de 51 anos que teria chamado um dos vigilantes de “nego safado” também foi denunciado por injúria racial.

Ele pagou fiança de R$ 900 e foi solto. Os outros dois agressores, ambos de 25 anos, assinaram termo de compromisso e acabaram liberados.

 

A direção do HRT informou, por nota, que “devido à alta demanda, na noite deste sábado, a emergência de pediatria teve atendimento restrito a pacientes com classificações de risco laranja e vermelha”.


Ainda de acordo com o texto, “dois médicos estavam escalados para o atendimento das crianças e uma enfermeira estava responsável pela triagem dos pacientes da pediatria, clínica médica e cardiologia”.

 

 

Fonte: *Via:JBr/Clipping

COMENTÁRIOS