compartilhar

EXPECTATIVAS: Comércio da Grande Brasília espera crescimento com Dia dos Pais

Os comerciantes brasilienses estão animados em relação as vendas para o Dia dos Pais.

É o que mostra pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio. Entre os empresários entrevistados, a maioria (46%) declarou expectativa otimista para um crescimento das vendas durante a data e esperam que as vendas sejam maiores do que em 2017.


A maioria dos lojistas entrevistados, 88,1%, declarou que manterá o mesmo preço dos produtos em relação a 2017, não aplicando aumentos neste ano.

O levantamento foi feito com 402 empresas de 12 segmentos distintos.
No quesito Estratégias para o período, 60,4% pretendem usar estratégias para alavancar suas vendas, preferencialmente por: promoção (41%).

Isso demonstra necessidade do lojista de atrair o cliente de forma mais direta, rápida e mais barata. Apenas 4% dos entrevistados declararam que devem realizar contratação temporária para o Dia dos Pais. O preço médio do presente foi estimado pelos lojistas em R$ 278,90.


Consumidor
Ainda de acordo com o levantamento realizado pelo Instituto Fecomércio, os consumidores estão divididos entre presentear ou não os pais na data comemorativa.

Segundo a pesquisa, 42,2% pretendem presentar e 41,7% disseram que não irão comprar nada para a data, destes 75,4% não tem a quem presentear. 

 

COMENTÁRIOS