Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

TROCA DE TORRES: Portabilidade de números de telefones cresce 18 por cento no primeiro semestre em Brasília

De janeiro a julho deste ano, clientes da capital federal mudaram de operadora 103.477 vezes.

O número de portabilidade de telefones no Distrito Federal cresceu 18% no primeiro semestre de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado.

De janeiro a julho deste ano, os clientes da capital federal mudaram de operadora 103.477 vezes.

Desse total, 86% são referentes a telefones celulares.

No primeiro semestre de 2017, foram 87.554 mudanças de empresa.

 

Os dados são da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom), que administra a portabilidade no país.

Em todo o país, foram realizadas 3,13 milhões de transferência entre operadoras de telefonia fixa e móvel nos primeiros seis meses do ano.

Do total, 77% são relativos a telefones móveis.

 

Regras

 

A portabilidade numérica é feita de graça, mas sempre dentro do mesmo serviço.

Ou seja, de móvel para móvel ou fixo para fixo, e na área de alcance do mesmo DDD.

A partir do momento em que o usuário solicita a transferência, a efetivação ocorre em três dias úteis ou após esta data, quando o usuário quiser agendar.

Caso o usuário desista da migração e decida permanecer na operadora que presta o serviço, ele tem dois dias úteis, após a solicitação de transferência, para suspender o processo de migração em andamento.

 

Passo a passo

 

 

  • Dirigir-se à operadora para onde quer migrar
  • Informar o nome completo
  • Comprovar a titularidade da linha telefônica
  • Informar o número do documento de identidade
  • Informar o número do registro no cadastro do Ministério da Fazenda, no caso de pessoa jurídica
  • Informar o endereço completo do assinante do serviço
  • Informar o código de acesso
  • Informar o nome da operadora de onde está saindo

 

COMENTÁRIOS