Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

COR DE SANGUE, OU DO PT?: Grupo pró-Lula suja entrada do Supremo Tribunal Federal de tinta vermelha

Cerca de 30 pessoas chegaram com cartazes e aos gritos de 'Lula Livre', sujaram tudo e foram embora

A segurança do STF não conseguiu impedir que o grupo atirasse a tinta

No começo da tarde desta terça-feira (23), um grupo com de cerca de 30 pessoas, sujou a entrada do Supremo Tribunal Federal (STF) com tinta vermelha.

Os manifestantes chegaram gritando “Lula Livre”, carregando cartazes, que representavam a Constituição Federal, a carteira de trabalho e a Petrobras, e munidos de bexigas com tinta vermelha, que foram arremessadas no chão do STF.

De acordo com os seguranças do Supremo, tudo ocorreu de forma muito rápida. Durante o ato, o grupo cantou uma paródia da música de Chico Buarque “Funeral de um Lavrador”, em protesto contra a reforma Trabalhista e a política de preços da Petrobras.

Depois que sujaram tudo, eles largaram os cartazes na área externa do Salão Branco e aos gritos de “Lula Livre”, se dividiram em duas vans e foram embora.

Ninguém foi identificado e nem detido.

A Polícia Federal foi acionada, mas quando chegou ao local o grupo já havia indo embora.

A PF vai investigar o caso e tentar identificar os responsáveis.

Resultado de imagem para tinta vermelha no stj

Resultado de imagem para tinta vermelha no stj

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS