compartilhar

BOM COMPANHEIRO: Paulo Octavio desiste do Senado para não ter de brigar com seus aliados

Ele lamentou a divisão do grupo em 4 candidaturas. PO preferiu seguir com suas atividades empresariais fora da política partidária.

O ex-vice-governador Paulo Octavio (PP) desistiu da sua candidatura a uma das vagas do Distrito Federal no Senado, este ano, apesar de bem situado nas pesquisas.

 

Ele já estava em segundo lugar, inclusive com possibilidade de superar Cristovam Buarque (PPS) nas intenções de voto.

Sua desistência surpreendeu os aliados, mas não deveria: Paulo Otavio diz sempre que não faz política para brigar, mas para somar, e ele se viu em meio a um grupo político fragmentado em quatro candidaturas distintas, após a desistência de Jofran Frejat (PR), o líder nas pesquisas para o governo distrital.

“Eu sou amigo dos quatro, não vou brigar com nenhum deles”, disse Paulo Octavio ao Diário do Poder. Apesar disso, está otimista com as chances desse grupo e está convencido de que um deles será o governador. Ele aposta que Alberto Fraga (DEM) vai para o segundo turno contra um dos três do grupo: Ibaneis Rocha (MDB), Eliana Pedrosa (Pros) e Rogério Rosso (PSD).

 

COMENTÁRIOS