de janeiro a agosto, Detran registrou mais de 3 infrações por dia" /> de janeiro a agosto, Detran registrou mais de 3 infrações por dia" />

 


 

compartilhar

822 INFRAÇÕES: "Rachas" em Brasília => de janeiro a agosto, Detran registrou mais de 3 infrações por dia

Foram 822 infrações em 2018 contra 1.078 no mesmo período de 2017. Detran diz que está 'desarticulando' grupos que apostam corridas em Brasília.

De janeiro a agosto deste ano, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) registrou 822 infrações por “rachas” – corridas irregulares.

Isso representa uma média de 3,42 ocorrências por dia.

O número diminuiu em relação ao ano passado, quando o órgão contabilizou 1.078 ocorrências.

Tentativa de fuga de motocilcista que fazia racha no Noroeste termina em dois feridos (Foto: PMDF/Divulgação)

Tentativa de fuga de motocilcista que fazia racha no Noroeste termina em dois feridos

Segundo o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca, "a fiscalização está desarticulando os grupos que organizam essas corridas"

 

“A gente faz a abordagem, monitora e retira de circulação esses motoristas antes que eles se envolvam nesse tipo de infração de trânsito.”

A infração para quem for flagrado disputando racha é gravíssima, são 7 pontos na carteira e o motorista paga multa de R$ 2.934,70, além do carro ser apreendido.

Moto envolvida em acidente na L4 Norte estava sem placa (Foto: PMDF/Divulgação)No último domingo (2), Cassius Vinícius Moreira, de 26 anos, foi levado em estado grave ao Hospital de Base após se envolver em um racha com pelo menos seis motocicletas no Setor Noroeste, em Brasília.

A Polícia Militar perseguiu o grupo até a Avenida L4 Norte. A moto conduzida por Moreira invadiu a contramão da via e bateu em um carro da corporação.

Ele foi autuado em flagrante por dirigir sob influência de álcool e por lesão corporal.

A fiança de quase R$ 3 mil foi quitada. A polícia afirmou que o motociclista será ouvido quando for liberado do hospital.

Nas redes sociais de Moreira, há vídeos de corridas irregulares em diversas áreas do Plano Piloto, como na Esplanada dos Ministérios, na L4, no viaduto do Aeroporto de Brasília e no Eixinho.

 

Racha da Avenida L4 SulMãe e filho morreram em acidente de trânsito provocado por dois carros que faziam

 

 

 

Fabrícia Gouveia perdeu o marido e a sogra em um acidente de trânsito em abril do ano passado. O carro deles foi atingido por outro, que de acordo com a polícia e testemunhas, disputava um racha na Avenida L4 Sul.

 

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS