compartilhar

SEM LIBERDADE: Iphan dá parecer contrário à instalação de estátua da Havan no Setor de Indústrias

Empresa tenta instalar o monumento no SIA, área de entorno da área tombada. Inauguração da loja será no sábado (3/11)

Consultado pelo governo, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) se manifestou contra a instalação a Estátua da Liberdade da loja Havan às margens da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA).

 

A autarquia afirmou, na terça-feira (30/10), que “a decisão tomada pelo GDF já atende as especificações da legislação de tombamento”.

A instalação da estátua de 35 metros, marca registrada da rede catarinense, foi vetada pela Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) porque ultrapassa o limite de 12 metros estabelecido pelo Decreto nº 29.413/2008.

Estátua da Havan

O lote da loja, no trecho 14 do SIA, não faz parte do Conjunto Urbanístico de Brasília, mas pertence à área do entorno, motivo pelo qual o Iphan foi consultado pelo governo. 

Mesmo havendo esse impasse, a estátua foi trazida para Brasília e está “deitada” no estacionamento da loja, desde a manhã de sábado (27/10), aguardando ordens da empresa para ser ou não erguida.

loja havan segunda

No momento, a Havan espera a resposta de um recurso interposto da administração regional e não quis se manifestar sobre o impedimento. A inauguração da loja está programada para sábado (3/11).

"A gente não vê muita possibilidade de acatar esse recurso. Não tenho nada contra a estátua, só não autorizei porque não tem legislação para isso" - Antônio Donizete Andrade, administrador do SIA

A Havan é conhecida por vender grande variedade de produtos, como peças de vestuário, aparelhos eletrônicos, objetos de decoração, entre outros. A rede tem 116 estabelecimentos físicos em 15 estados do Brasil, além da loja virtual.

Havan em Brasília

estátua havan segunda

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS